Como Exportar Para O Japão

Como Exportar Para O Japão

O número de utilizadores da Internet no Japão e a sua enorme economia, tornam-no numa excelente oportunidade de exportação para qualquer empresa em busca de novos mercados.

Ofuscado nos últimos 20 anos pelos gigantes de Silicon Valley, na Califórnia, é fácil esquecer que o Japão continua a ser uma superpotência tecnológica e industrial. Pense por um momento no grande número de nomes conhecidos que vêm de lá: Sony, Toyota, Panasonic, Toshiba, Fujitsu, Nissan, Honda – só para citar algumas empresas.

A economia do Japão está a crescer lentamente, mas de forma constante, com 2016 e 2017 a provar ter sido o melhor período numa década.

Economia para cima, população para baixo

É uma nação com 126 milhões de habitantes e com uma alta expectativa de vida (quase a mais alta do mundo com cerca de 84 anos de idade). Porém, a baixa taxa de natalidade significa que a população total do país está em declínio no longo prazo. Apesar disto, nada está perdido, o governo Japonês tem um plano para manter a população acima de 100 milhões até 2050.

Recursos Naturais

Apesar da queda demográfica, o Japão ainda tem a maior densidade populacional do mundo, com 35 milhões de pessoas a viver apenas na área urbana de Tóquio (tornando-a a maior cidade).

Uma parte do problema é a sua localização geográfica. Embora seja bem-sucedido economicamente, o Japão é uma pequena coleção de ilhas, o que significa que petróleo e derivados são uma das maiores importações.

Oportunidades para o seu negócio

O Japão deveria estar na sua lista? Absolutamente. O Japão é uma economia madura e altamente conectada, com elevado poder de compra e com forte crescimento do comércio eletrónico, pelo que deve considerar exportar para este mercado. Mas antes de avançar, calcule os gastos que terá nos envios internacionais para que não tenha surpresas.

blank