DHL Express Portugal > Novidades sobre envios internacionais > Comércio Internacional > Crescimento Tecnológico: Como o Setor se Adaptou a Este Boom

 

Crescimento Tecnológico: Como o Setor se Adaptou a Este Boom

armazém repleto de modens a funcionar

Num ano desafiante, o crescimento tecnológico foi forte. Mas ainda assim, esse crescimento trouxe os seus próprios desafios para a cadeia de abastecimento do setor tecnológico.

O humilde laptop, com o seu fim tantas vezes anunciado devido aos tablets e smartphones, acabou por ser o herói. Em 2020, após anos de estagnação, as vendas de PCs aumentaram mais de 10% para cerca de 300 milhões de unidades. 

Numa pandemia que forçou o trabalho, o estudo e a vida social para dentro de casa, foi o laptop a melhor ferramenta para uma infinidade de trabalhos.

Mas o setor da tecnologia viu a sua vida dificultada quando milhões de empresas precisaram de equipamentos para videoconferência e ao mesmo tempo o e-commerce disparou, sem que os fornecedores conseguissem dar resposta imediata.

homem a mexer em equipamento tecnológico

Atendendo à necessidade

Os números de vendas acima das previsões colocam o setor de tecnologia numa posição invejável. No entanto, atender à crescente demanda criou desafios significativos em todo o setor.

O pico de vendas não foi o principal problema. Num negócio impulsionado pela inovação rápida e ciclos de vida de produtos curtos, os players de tecnologia tornaram-se extremamente hábeis em aumentar ou diminuir a produção e a distribuição conforme necessário. Mas até agora, nunca tiveram que se preocupar muitos com as cadeias de abastecimento.

Assim, foram os primeiros países atingidos pela pandemia que desempenharam um papel central em grande parte da cadeia de fornecimento de tecnologia.

Um desafio para todos

Todos os setores enfrentaram complexidades logísticas durante a pandemia, com as rígidas restrições de circulação. No setor da tecnologia, que depende muito do transporte aéreo para movimentar os seus produtos, foi a redução drástica desses voos que criou os maiores problemas.

Em várias empresas a logística estava configurada para B2C, enviando grandes quantidades para poucas localizações. Mas a pandemia obrigou a pensar em B2C e entregar pequenas quantidades em muitos locais espalhados pelo mundo.

A próxima fase

Após 2 anos de pandemia a situação começa a estabilizar. As empresas de tecnologia já conseguem colmatar as necessidades dos clientes, apesar da procura não abrandar devido à recuperação económica. Mas a crise pode ter um impacto de longo prazo no design e na operação das cadeias de abastecimento.

As ferramentas disponíveis para melhorar a resiliência da cadeia de abastecimento também são conhecidas: visibilidade e transparência são fundamentais.

Depois, há a questão da geografia. Cada vez mais, as empresas de tecnologia estão a reavaliar os riscos e benefícios de ter grande parte das suas cadeias de abastecimento concentradas em apenas alguns locais.

informação sobre o crescimento tecnológico em 2020 e 2021

A digitalização

As empresas com uma avançada digitalização das suas cadeias de abastecimento responderam melhor à pandemia. E é agora que todas se devem começar a preparar para situações idênticas no futuro.

Mudanças climáticas – um tema quente

Alguns riscos não podem ser mitigados pela reconfiguração inteligente da cadeia de abastecimento. Estima-se que a pandemia tenha causado uma redução de 3,5% no PIB global em 2020.

À medida que o mundo tenta sair da crise atual, há um amplo consenso sobre tomada de ações para abrandar as mudanças climáticas. Governos, investidores e consumidores estão a pressionar as empresas a criarem planos claros para reduzir ou eliminar as emissões de gases de efeito estufa até meados do século.

Digitalização, resiliência e sustentabilidade estão interconectados. A digitalização da cadeia de abastecimentos ajuda as empresas a tornarem-se mais resilientes e económicas a longo prazo. E a otimização dessa cadeia ajuda a reduzir as emissões de carbono através de um planeamento mais eficiente de cargas, rotas e modos de transporte.

vários contentores empilhados num porto marítimo

 

blank