DHL Express Portugal > Novidades sobre envios internacionais > Comércio Internacional > O Que Não Pode Enviar Pelo Correio Expresso Internacional

 

O Que Não Pode Enviar Pelo Correio Expresso Internacional

O Que Não Pode Enviar Pelo Correio Expresso Internacional

A DHL Express transporta uma vasta variedade de bens e mercadorias em todo o mundo para os seus Clientes. Assegurar que todos os envios viajam em segurança através da nossa rede global é da maior importância, e por isso é importante que saiba o que não se pode enviar pelo correio expresso internacional.

Com isto em mente, preparámos este artigo para que fique a saber quais são as orientações e restrições para os artigos que quer enviar.

As mercadorias que podem ser enviadas e os requisitos de envio podem variar de destino para destino, de acordo com as leis e regulamentos locais. Algumas mercadorias podem precisar apenas de uma etiqueta de envio, enquanto outras precisam de documentação adicional, um acordo com a transportadora, embalagens específicas, etiquetas e marcações de embalagens.

Então o que não se pode enviar pelo correio expresso internacional?

Para saber o que não se pode enviar pelo correio expresso internacional, é importante perceber que existem 3 categorias de produtos que merecem a sua atenção:

  • Produtos proibidos
  • Produtos restritos
  • Produtos perigosos

Produtos proibidos 

Itens proibidos encomendas

Certas mercadorias, pelas suas características, não são permitidas para transporte, quer seja por questões legais, ou por decisão da transportadora, que, considerando as implicações operacionais, legais e de gestão de risco que o transporte destes produtos podem trazer, assim o determina.

Abaixo deixamos-lhe uma lista dos produtos proibidos para a DHL e que em circunstância alguma aceitamos transportar:

  • Bens ilegais, como narcóticos e bens de contrafação 
  • Animais vivos – incluindo, mas não limitados a mamíferos, répteis, peixes, invertebrados, anfíbios, pássaros, insetos, larvas e pupas
  • Pedras preciosas e semipreciosas soltas – cortadas ou não, polidas ou não
  • Armas de fogo originais e imitações completas e peças de armas de fogo, munições, explosivos/dispositivos explosivos
  • Troféus de caça (animal), partes de animais tais como marfim e barbatana de tubarão, restos de animais ou cinzas, derivados de animais
  • Metais preciosos em forma de barra/lingotes
  • Dinheiro (moeda legal – notas bancárias, notas, moedas) e cheques de viagem
  • Restos humanos ou cinzas em qualquer forma

Além das proibições indicadas acima, há também as proibições impostas pelos países. Para o ajudar a saber se o produto que vai enviar é proibido especificamente no país de destino do envio, disponibilizamos AQUI uma ferramenta que lista todos os produtos proibidos por país.

Produtos restritos

produtos restritos encomendas

Existe mercadoria que não sendo totalmente proibida, para ser aceite pela transportadora deverá obedecer a certos requisitos.

Alguns exemplos de produtos restritos são:

Álcool – vai enviar para um país que pertence à União Europeia ou não? Existem diferentes regulamentações conforme o país de destino.

Bijutaria, relojoaria e objetos construídos com metais preciosos e / ou pedras preciosas – o envio destes artigos pode estar restringido pelo seu valor.

Moedas e medalhas comemorativas – aqui, tal como no ponto anterior, existem limitações de acordo com o valor dos artigos.

Selos fiscais – são geralmente usados em cigarros ou álcool para indicar que as taxas e / ou impostos foram pagos e o seu transporte é limitado pelo seu valor.

Produtos de origem animal – o transporte é restringido pelas leis locais do país de destino. Caso o destino seja Portugal, estamos a falar de uma importação que requer sempre autorização veterinária (DGAV) e a solicitação deve ser feita antes da chegada da mercadoria. É também necessário o certificado DRAP (Diretoria Regional de Agricultura e Pesca).

Cigarros, charutos e cigarros eletrónicos – este tipo de produtos, tal como muitos outros, vê o seu transporte restringido pelo valor dos mesmos.

Se está a pensar enviar algum dos artigos indicados nesta lista, verifique sempre primeiro com a transportadora que restrições existem e que regras tem de cumprir para não ter surpresas indesejadas.

Produtos perigosos

Produtos perigosos encomendas

Existe uma categoria de produtos que pelas suas características representam um risco não razoável para a saúde, segurança e propriedade. Por isso a identificação destes produtos é essencial e o primeiro passo para reduzir os potenciais riscos passa por embalagem, comunicação, manuseamento e arrumação adequados. A DHL é uma transportadora estabelecida com experiência significativa no transporte de Mercadorias Perigosas.

O que é um produto perigoso?

O envio de produtos perigosos tem de obedecer a regulamentos e regras específicas para embalar adequadamente Mercadorias Perigosas, etiquetar caixas e declarar as mercadorias nos documentos de expedição. As mercadorias com as seguintes características são consideradas perigosas:

  • Radioativo
  • Inflamável
  • Explosivo
  • Corrosivo
  • Tóxico
  • Oxidante
  • Infecioso
  • Outros materiais regulados

O que precisa de saber sobre o envio de produtos perigosos

  • Existem regulamentos para o transporte de produtos perigosos;
  • O expedidor é legalmente responsável pelo cumprimento dos regulamentos;
  • Nem todos os produtos perigosos são aceites na DHL Express;
  • O expedidor deve obter uma aprovação da DHL Express para enviar produtos perigosos;
  • A DHL Express aceitará produtos perigosos sob certas restrições e condições;
  • A DHL deve ser notificada da intenção de enviar;
  • Os envios de produtos perigosos estão sujeitos a custos adicionais

Aqui deixamos-lhe alguns exemplos de mercadoria que é considerada perigosa para o transporte

  • Incluindo, mas não limitado a: perfumes, aftershaves, aerossóis, substâncias inflamáveis, gelo seco, substâncias biológicas, (“IMDG”).
  • Peças e motores de carros usados – somente aceitável se todas as medidas tiverem sido tomadas para anular os resíduos perigosos.
  • Todas as baterias de metal de lítio. As baterias de metal de lítio geralmente não são recarregáveis e contêm lítio metal.
  • Baterias de ião de lítio soltas. As baterias de iões de lítio não contêm lítio metal e são recarregáveis. Estas incluem power banks, carregadores USB, etc.
  • Pequenos itens eletrónicos, incluindo telemóveis que contenham baterias de iões de lítio 

Como pode ver, alguns produtos do nosso dia a dia, como os smartphones ou os computadores portáteis, são considerados perigosos devido às baterias de lítio que contêm. Se pretende enviar produtos ou mercadorias perigosas, aconselhe-se sempre primeiro com a transportadora.

Agora que sabe o que não se pode enviar pelo correio expresso internacional, falta saber então o que pode enviar.

O que pode enviar pelo correio expresso internacional

Se o produto que quer enviar não está listado como um produto proibido, restrito, ou perigoso, já é um bom princípio. No entanto, é importante que verifique com a transportadora se não haverá nenhuma restrição local no país de destino.

Apesar da lista ser “infinita”, para o ajudar, deixamos-lhe aqui alguns exemplos do tipo de produtos que, em princípio, pode enviar pelo correio expresso internacional:

  • Documentos, fotografias e passaportes
  • Câmaras fotográficas e de filmar
  • Smartphones e telemóveis
  • Dispositivos de armazenamento de dados como Pen Drives, Discos Rígidos e CDs
  • Roupas, tecidos e calçado
  • Computadores e portáteis

Ainda que seja possível enviar os produtos referidos acima, aqueles que contêm baterias de lítio carecem de condições especiais para serem transportados, por isso deverá sempre consultar a transportadora antes de fazer o envio.

Para não cair no erro de enviar algo que poderá trazer-lhe problemas, deixamos-lhe um conjunto de questões que deve fazer a si próprio quando se preparar para enviar a sua mercadoria: 

  • O país de destino do envio permite este artigo?
  • Estou a enviar Baterias de Lítio?
  • Alguma coisa é combustível?
  • Preciso de autorização para enviar este artigo?
  • Algo é líquido ou perecível?
  • Cumpri os regulamentos de expedição para estes artigos?

É importante que tenha sempre presente que se enviar um artigo ou encomenda, é o responsável legal pelo mesmo e por quaisquer consequências que ocorram. Por isso é muito importante que se aconselhe primeiro com a transportadora antes de fazer qualquer envio. Se tiver alguma dúvida fale connosco e esclareça todas as suas questões antes fazer o seu envio de correio expresso internacional.

 

blank