DHL Express Portugal > Novidades sobre envios internacionais > E-commerce > Como Tornar as Cadeias de Abastecimento Mais Circulares

 

Como Tornar as Cadeias de Abastecimento Mais Circulares

Como Tornar as Cadeias de Abastecimento Mais Circulares

Imagine um mundo sem desperdício com cadeias de abastecimento mais circulares. Um lugar onde reparar em vez de substituir é a regra. Imagine uma economia onde as tecnologias avançadas de reciclagem e soluções inteligentes se combinam para criar circuitos infinitos de mercadorias. Este é o futuro das cadeias de fornecimento circulares… e já está aqui!

As cadeias de abastecimento circulares têm um enorme potencial 

De forma a mudarmos o velho “reduzir, reutilizar, reciclar”, a economia circular exige um novo paradigma de cinco R’s

  • Reduzir – fazer menos produtos novos e usar menos matéria-prima
  • Reparar – corrigir um defeito
  • Revender – venda de produtos que ainda estão funcionais, mas já não são necessários
  • Recondicionamento – entrega de um produto funcional antigo de volta ao fabricante para verificação, limpeza e retorno ao estado original
  • Reciclagem – extrair valor de produtos em fim de vida.

novo_paradigma_de_cinco_r

Projetar para o sucesso e para o futuro

Atualmente algumas marcas estão a optar por um design mono-material, uma técnica que utiliza um único material para criar um produto de forma a facilitar a reciclagem. 

Os processos de produção inerentemente criam resíduos, como sobras de materiais e águas residuais. Para alcançar a circularidade, os produtores devem desenvolver soluções que minimizem esses resíduos e maximizem a sua reutilização, como o uso de águas residuais tratadas para irrigar áreas verdes. 

Otimização da entrega e devolução

Num ecossistema com uma circularidade perfeita, as mercadorias seriam entregues e devolvidas em embalagens reutilizáveis ​​e partilhadas entre os vários agentes de mercado e indústrias. Os fornecedores de logística já estão numa posição ideal para estabelecer este tipo de sistema conveniente e económico para lidar com fluxos físicos e de dados. 

Manter o material no circuito

Extrair valor de produtos em fim de vida será fundamental para manter a economia circular em movimento. Mais produtos em fim de vida precisam de ser agrupados em canais para justificar o investimento em tecnologias sofisticadas de classificação e reciclagem que podem maximizar a recuperação de recursos. Hoje, os líderes do setor estão a desenvolver robôs para desmontar smartphones e recuperar materiais valiosos com mais eficiência do que os processos tradicionais de reciclagem

Cadeias de abastecimento circulares: uma ação coletiva

Todas estas etapas exigirão esforços conjuntos entre as empresas! Para tornar esta visão uma realidade, precisamos que as marcas, fabricantes, governos, consumidores e agentes de logística se unam e que cada um faça sua parte. Os fornecedores de logística podem desempenhar um papel importante a cada passo do caminho, ao oferecer infraestrutura eficiente e pioneira capaz de lidar com este novo e complexo fluxo de mercadorias.

blank